Home / Artigos / 5 maneiras de deixar sua loja virtual mais confiável
Loja Virtual Segura Dicas

5 maneiras de deixar sua loja virtual mais confiável

É cada vez mais importante ter uma marca forte na internet. Uma empresa que possui loja virtual, por exemplo, deve se preocupar com questões como bom atendimento e venda de produtos de qualidade, mas, antes de tudo, é de extrema importância saber dar uma “cara” confiável para o site.

Com uma aparência mais confiável, fica mais fácil atingir novos clientes, além de facilitar a indicação deles para familiares e amigos. Portanto, uma loja mais confiável se traduz em mais lucro. Mas como deixar a loja virtual mais confiável? Confira abaixo cinco práticas simples e que você deve adotar para atingir esse objetivo.

1. Tenha certificações

De nada adianta se vender como uma loja virtual segura se não é, de fato. A empresa deve mostrar aos seus clientes que é segura e os certificados digitais são a melhor forma para isso. Ao adquirir os selos, não deixe de expor de maneira visível na página inicial. Eles dão a tranquilidade ao cliente de que ele não será exposto a malwares ou outro tipo de invasão. Faça um teste: toda grande empresa do mercado exibe certificados digitais de segurança para transmitir ainda mais credibilidade entre seu público. O SSL dá a tranquilidade ao comprador de que as informações presentes no site são seguras. E-bit e Site Seguro são outras certificações famosas.

2. Responda às várias formas de contato

Se o cliente entra em contato com a empresa por e-mail ou telefone, nada de deixá-lo sem resposta. Se ele entrou em contato para se certificar que a empresa existe, por exemplo, um fracasso na tentativa de contato pode deixá-lo desconfiado. Então a equipe responsável pelo atendimento deve estar sempre preparada para atender com o máximo de rapidez e apta a responder perguntas básicas sobre a empresa. E também é importante oferecer o máximo de maneiras de atendimento, como telefone, e-mail, formulário e chat, dessa forma o cliente pode escolher a sua preferida. Caso a empresa possua endereço físico, deixe essa informação bem visível.

3. Fique atento ao português

Ter atenção redobrada ao português não significa que você deve usar uma linguagem formal nas páginas da loja virtual. Pelo contrário. Na verdade, a linguagem deve ser direta e simples. O importante é não cometer erros gramaticais ou de digitação. Palavras escritas errado, erros de concordância, falta de acentos e outros erros dão um ar amador ao site. Ao ver um produto com o título “camiza”, dificilmente o cliente se sentirá confortável em oferecer seus dados de pagamento e efetivar a compra.

4. Esteja nas Redes sociais

Aproveite todo o poder que as redes sociais possuem. Elas podem ser o principal meio de engajamento de sua empresa e os conteúdos de qualidade podem ser compartilhados para atingir mais pessoas. Compartilhe materiais e textos, divulgue promoções e ofertas e, sempre que possível, use os canais para responder os clientes. Interagir com eles transmite mais segurança para quem segue a empresa. E deixe todos esses canais de comunicação bem visíveis no site.

5. Tenha informações detalhadas sobre a loja virtual

Quanto mais informação o cliente tem, mais seguro ele se sente. Não deixe de criar uma página contando a história da empresa, seus valores e objetivos. Também crie uma página de política de privacidade, garantindo a segurança do site, e explicações detalhadas e consistentes sobre a política de trocas. As políticas de pagamento também devem ser explicadas com clareza. Todas essas informações ajudam a criar uma relação de confiança, então nada de deixá-las escondidas ou em letras pequenas e discretas. Caso sua loja virtual faça negócio com clientes grandes, também indique esse fato, que certamente deixará sua empresa mais confiável aos olhos dos clientes.

Viu como é fácil? Criar formas de deixar o site mais seguro para o cliente traz apenas benefícios para a empresa, por isso não deixe de colocar essas dicas em prática. E se tiver alguma dúvida, não deixe de nos perguntar nos comentários!

Veja Também:

metricas para ecommerce

Como definir metas em seu e-commerce

De acordo com a última edição do Webshoppers — relatório completo de e-commerce produzido pela …