Home / Notícias do Mercado / 96% dos e-consumidores pretendem fazer compras no Black Friday

96% dos e-consumidores pretendem fazer compras no Black Friday

Nos últimos anos, o Black Friday se consolidou como a mais importante data do varejo online brasileiro. Para 2014, se depender da vontade dos consumidores, a data tem tudo para ser ainda maior. De acordo com uma pesquisa feita pelo Busca Descontos – portal de cupons de desconto grátis e que promove o www.BlackFriday.com.br -, na qual foram ouvidos 20.841 e-consumidores, 96% afirmaram que vão fazer compras na data, que acontece em 28 de novembro. O número representa um grande salto, pois apenas 42% dos pesquisados fizeram compras na data em 2013.

A procura este ano é reflexo da experiência que a maioria dos compradores teve na edição anterior. Ao todo, 75% dos pesquisados que participaram da edição passada informaram que tiveram uma boa ou ótima experiência comprando no dia mundial do desconto. Já 90% indicam a data para amigos e parentes. “As vendas crescem exponencialmente durante a data, enquanto as reclamações sobem naturalmente, mas em um ritmo bem menor”, pondera Pedro Eugênio, fundador do Busca Descontos e um dos principais incentivadores da data de promoções no País. “Em 2013, foram vendidas 12 vezes mais que um dia normal e quase o dobro da ação no ano anterior. Enquanto isso, relação de reclamações e pedidos no dia subiram apenas 6,25% entre uma edição e outra”.

33485.64478-Black-Friday

Eugênio ainda vê o Black Friday de 2014 como uma grande oportunidade para lojistas e consumidores. “As vendas gerais do ano acabaram sendo mais fracas do que o esperado. E-commerces estão com grandes estoques, algo que deve motivar boas promoções. Pelo outro lado, os consumidores estão ávidos por descontos”.

Na pesquisa, os produtos mais desejados são os eletrônicos, com 17%, seguido pelos de informática (13%), telefonia (12%) e eletrodomésticos (11%). No ano passado, os produtos mais procurados foram os smartphones, TVs e tablets, movimento que deve se repetir neste 28 de novembro. “Os consumidores já estão se planejando, pesquisando preços e programando aquilo que vão comprar. Agora é a vez dos lojistas se prepararem”, conclui o executivo.

Veja Também:

crescimento ecommerce 2016

E-Commerce deve crescer 8% em 2016, diz E-bit/Buscapé

Segundo pesquisa WebShoppers, realizada por unidade especializada do Buscapé, o setor deve movimentar R$ 44,6 …